Azalea japonica


azalea japonica nº 353 - iberbonsai-fevereiro 2012-

 

Bonsai azalea japonica - rhododendron obtusum.



Originária do Japão, a azalea japonica é caracterizada pelas suas pequenas folhas e abundantes flores em trombetas e
de inúmeras cores como vermelha, rosa, roxa, branca lilás


As particularidades da azalea japonica:


O bonsai azalea japonica pertence ao gênero Rhododendron,

 que possui cerca de 1000 espécies  de Ásia, Europa, América do Norte, em florestas uniformes ou mistas, decíduas où coníferas.


Botanicamente, as azáleas são todos rhododendrons com uma ligeira diferença hortícola:

os rhododendrons caducifólios, que pertencem à espécie Rhododendron mollis, chamados azáleas caducifólias, ou azaleas da China;

os rhododendrons mais pequenos, com pequenas folhas e pequenas flores, são as azáleas 
vendidas como plantas de interior, mas que não são resistentes, denominadas
 Rhododendron indicum ou azaleas de floristas, e azaleas do Japão que são resistentes
 intituladas Rhododendron obtusum.



azalea japonica nº 3118 iberbonsai-junho-2009-


Na natureza o rhododendron cresce até aos 30 metros de altura e encontra-se até os  6.000 metros
 de altitude nas himalaias, com folha caduca ou perene e com flores de quase todas as cores
de 1 até 15 cm de largura.


O bonsai azalea japonica proporciona uma espectacular e generosa floração na primavera 
durante várias semanas


Poda de formação do bonsai azalea japonica:

A poda de formação 
do bonsai azalea japonica ocorre nos primeiros 2 ou 3 anos, durante a brotação,
 consista por isso em pinçar (apertar) os brotos com as unhas, logo acima de uma folha para
proporcionar uma forte e intensa ramificação que dará origem a uma profusão de flores.

A pinçagem deve ser repetida durante toda a primavera para conseguir um resultado satisfatório.
Esse procedimento, com a desvantagem de alterar a floração tanto no tempo como na intensidade, 
tem a vantagem de fortalecer o bonsai que ficará mais compacto, mais robusto e sobretudo 
produzirá muito mais flores.

O bonsai azalea japonica pode ser podado praticamente todo ao longo do ano,
só relembramos que quando mais podada for a azalea, menos flores produzirá.
 Por norma convém podar logo a seguir à floração para manter o equilíbrio e uma forma natural, 
a seguir e durante o resto do ano, basta cortar os rebentos maiores para conservar o formato definido.

Nota: convém podar a seguir à floração mas com o cuidado de deixar sempre os brotos que 
darão as flores no ano seguinte.


Além da sua espetacular floração, o bonsai azalea japonica é sobretudo cultivado pelo seu nebari,
 que, bem que muito demorado, só alguns milímetros de diâmetro por ano, fica incrível e fantástico.


azalea japonica flor -iberbonsai-fevereiro de 2009


O que é o nebari?

Expressão japonesa que significa raízes rasantes, na natureza um dos aspetos mais bonitos de
uma árvore são as raízes que transmitem a força desenvolvida para segurar a árvore ao solo.
Chama-se nebari a base do tronco juntamente com as raízes superficiais.
O nebari consegue-se com o tempo e, como sempre, o melhor resultado obtém-se a partir de 
sementeira e cultivando o bonsai sempre em vaso e quanto mais raso melhor, evitando assim que 
as raízes procurem descer no solo.
Para obter um bom nebari temos que realizar transplantes frequentes para dirigir e ordenar as raízes 
de forma equilibrada, a ideia principal é dispor as raízes em forma de estrela e impedir que elas se
cruzem.
Podemos cortar, moldar e direcionar as raízes principais e secundárias para tentar obter um 
resultado satisfatório no tempo com a melhor conicidade possível da base do tronco.
 
O nebari é fundamental na concepção do bonsai, mais que a parte aérea, porque é nele que focamos
o nosso olhar para comparação com a natureza.
Quanto mais bonito o nebari, mais velho parece o nosso bonsai.

azalea japonica iberbonsai-nº3116-junho de 2009

O bonsai azalea japonica mereça com tudo a franqueza um lugar de excelência em qualquer 

coleção de bonsai, mas muito cuidado, os ramos da azalea japonica são muito quebradiço e

podem partir como vidro dificultando a colocação do arame.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Bonsai doente

Ferramenta para bonsais

Rega do bonsai

acido sulfúrico

Punica Granatum Nana em bonsai

olea europaea